Demonstrações Legais para Cotações de Vendas

Se as cotações de vendas incluírem declarações jurídicas cobrindo os detalhes de sua proposta, essas cotações poderão formar a base para um contrato claro. As declarações legais apropriadas permitem reduzir os mal-entendidos e as disputas com seus clientes. Para poder gerenciar contratos de forma eficaz, você deve garantir que a proposta inicial cubra todos os pontos legais essenciais da transação, caso seu cliente decida fazer um pedido com base em sua cotação.

Preço, validade e condições de pagamento

Como sua cotação fornece um preço para produtos e serviços, as declarações legais que especificam as condições de sua oferta de preço são críticas. Além do preço em si, é necessário incluir instruções sobre se impostos específicos são aplicáveis ​​e se eles estão incluídos. Como os preços podem mudar com o tempo, seu preço cotado tem validade limitada, geralmente entre 30 e 90 dias. Se o seu preço depender da troca de moeda, você pode querer vinculá-lo a uma determinada taxa de câmbio para se proteger contra variações inesperadas. As condições de pagamento podem variar de 30 dias após a entrega para pequenas quantias a fim de progredir pagamentos vinculados a marcos de fornecimento específicos. Termos típicos especificam o pagamento de porcentagens do valor total do contrato em eventos verificáveis, como colocação de pedido, início de produção, remessa e entrega.

Suprimentos e Entregas

Sua cotação precisa especificar exatamente quais produtos e serviços você está oferecendo para o preço cotado. Além das listas de materiais, equipamentos e serviços, a cotação deve especificar como e onde as entregas devem ser realizadas. Por exemplo, um termo legal comum é FOB, ou livre a bordo, significando que você entrega o material para um local específico a bordo de uma transportadora comum designada pelo comprador. Você paga pelo carregamento enquanto o comprador toma posse e é responsável pelo transporte adicional.

Desempenho e Garantias

Quando você fornece bens e serviços, seu cliente espera benefícios específicos. Para se proteger de disputas relacionadas ao desempenho, você precisa especificar exatamente o que seus suprimentos realizarão. Embora você espere cumprir seus compromissos, fatores inesperados podem interferir na sua capacidade de executar conforme especificado. Para lidar com esses riscos, sua cotação precisa incluir declarações legais que limitem sua exposição. Por exemplo, você pode prometer entregar até uma certa data, mas pode incluir uma cláusula dizendo que os prazos de entrega são estimativas e podem variar. Uma cláusula de força maior, declarando que você não é responsável pela falta de desempenho devido a grandes eventos além do seu controle, reduz sua exposição.

Limitação de responsabilidade

Fornecer bens e serviços cria automaticamente o risco de danos ao seu cliente e a terceiros. Você pode obter seguro para alguns desses riscos, como roubo ou perda física, mas outras partes podem processá-lo se suas atividades lhes causarem danos. Declarações legais típicas limitam a responsabilidade a um valor fixo correspondente ao valor do seu seguro. Você também pode limitar a responsabilidade ao valor do preço cotado. Se você incluir essas limitações em sua cotação, elas poderão servir de base para a negociação de contrato. Se o seu cliente insiste em limites mais altos, você pode precisar de mais seguro e pode ter que aumentar seu preço.

Recomendado

Vantagens ou desvantagens da contabilidade de valor justo
2019
Como Aceitar Cartões de Crédito Offline Com o Google Checkout
2019
Importância do Atendimento ao Cliente em Recursos Humanos
2019